18 de maio de 2016

Guacamole - Petiscos no Coletivo Gastronômico


Adoro experimentar comidas diferentes. No Brasil temos uma culinária muito rica, mas é facinante conhecer a cozinha de outras culturas também. Tenho uma amiga venezuelana que acha muito esquisito comer abacate em coisas doces. Em contrapartida eu sempre achei muito esquisito comer em salgados. Guacamole é uma receita tipicamente mexicana à base de abacate. Já havia comido um pouquinho aqui e ali, mas ainda não tinha preparado em casa. Nem tenho como expressar a delícia que ficou :D Para vocês terem uma ideia, levei em uma reunião do trabalho e fiz todos provarem. Uma grande parte torceu o nariz antes de experimentar, mas todos, TODOS repetiram depois da primeira mordida. Sério gente, ficou INCRÍVEL. Muito leve, azedinho e impossível de comer um poquinho só. O abacate é uma fruta bem calórica, porém o tipo de gordura que ela possui é boa. Sendo assim, podemos comer sem tanta culpa. Servi com um pãozinho integral crocante. Esta receita casaria perfeitamente com o Chilli com Cheddar e Sour Cream que já apareceu por aqui. Uma perfeita noite mexicana que não deixaria nada a dever aos melhores restaurantes (do Brasil pelo menos kk).


O Coletivo Gastronômico deste mês traz uma seleção deliciosa de petiscos para saborear naquele encontro de amigos ou família. Não esqueça de conferir nossa página no Facebook e no Instagram. Sempre tem muitas dicas legais rolando por lá ;)


Coletivo Gatronômico - Petiscos

Menu Criativo - Muffin de Calabresa e Queijo
Cozinha da Gertrudes - Croquete de Mortadela
Na Cozinha da Carina - Dadinho de Tapioca com Geléia de Pimenta
Azeitonas Temperadas - Linguiça com Chutney de Frutas Secas
Gordices - Batata Bolinha Assada com Alecrim
Pimenta na Cozinha - Rolinho de Salmão Defumado
O que Temos Hoje Elisa? - Arepa de Mandioca
Arte na Cozinha - Boneless Bufalo Wings
Arte da Mel - Bolinho de Carne
Gastronomia &+ - Jalapeños Gratinados

Guacamole 

Ingredientes
Abacate (maduro mas não muito mole)
Tomate (sem semente picado)
Cebola roxa picada
Cheiro-verde e coentro picados
Suco de limão
Sal e Pimenta do reino a gosto
Pimenta picada (opcional)

Preparo
As quantidades são a gosto. Gosto de picar a cebola e o tomate bem pequenos. O abacate gosto que fique mais pedaçudo, então deixo em pedaços grandes e não mexo muito para não virar uma pasta. Misture e tempere tudo com suco de limão, sal e pimenta a gosto. Mesmo não gostando muito de coentro, coloco um pouquinho. Acho que ele dá um toque mega especial. Guarde na geladeira e sirva gelado com tortilhas ou pão folha tostado.


Pulo do Gato: Se gostar, coloque uma ou duas pimentas dedo de moça sem sementes picadinhas ou molho de pimenta a gosto. A receita se conserva gostosa até pelo menos o outro dia. Deixe o abacate para picar e misturar por último, assim ele não escurece.

10 de maio de 2016

Muffin de Milho e Calabresa


Algumas semanas atrás foi o aniversário de uma querida amiga, a Carol do Cozinha Autoral. Foi uma festa mega divertida e cheia de comes e bebes. Cada um dos amigos bloqueiros podia levar um prato de doce ou salgado para compor a mesa. Como queria algo prático e fácil, me decidi por estes muffins. Comprei os ingredientes durante a semana e no sábado, "dia da festa", comecei a preparar a receita. Enquanto eles estavam no forno, parei para pesquisar o endereço da casa da Carol e qual não foi minha surpresa quando vi que a festa não seria naquele dia, e sim na semana seguinte :O kkkkk. Passei a semana toda pensando na receita, no presente e a festa seria dali uma semana ainda gente! hahah No fim das contas, comemos muffin o fim de semana inteiro e na semana seguinte acabei levando coxinhas (a pedido da Carol ♥). Pelo menos o engano serviu para trazer esta receita deliciosa para vocês. Esta massa é uma das que mais gosto para tortas. Resolvi acrescentar fubá para deixá-la mais levinha e o resultado ficou excelente. Massa fofa, suave e que desmancha na boca. No recheio usei calabresa, mas você pode substituir pelo que quiser. Receitinha ótima para fazer no domingo e ter bolinhos deliciosos para o lanche da semana toda :)


Muffin de Milho e Calabresa

Ingredientes
Massa
4 ovos
1 xícara de leite
1 lata de milho sem a água
3/4 de xícara de óleo
1 xícara de fubá
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó
Sal e Pimenta do reino a gosto

Recheio
2 gomos de linguiça calabresa triturados (ou ralados)
2 tomates picados (sem sementes)
1 cebola picada
1 colher de sopa rasa de orégano
1/2 xícara de cheiro-verde picado
Sal e pimenta do reino a gosto

Parmesão ralado a gosto para finalizar

Preparo
Massa: Bata no liquidificador os ovos, o leite, o milho e o óleo. Passe para uma vasilha e acrescente o restante dos ingredientes. Misture até ficar homogêneo (a massa fica ligeiramente grossa).
Recheio: Misture todos os ingredientes e reserve.
Montagem: Forre uma fôrma de cupcakes com forminhas de papel. Coloque uma colher de sopa bem cheia de massa em cada forminha, uma colher de recheio e cubra com mais uma colher de massa (faça de modo que você encha cerca de 3/4 de cada forminha). Salpique parmesão ralado e leve ao forno preaquecido 180/200° por cerca de 25 minutos ou até dourar.


Pulo do Gato: Se quiser um recheio mais cremoso, acresente uma colher de chá de requeijão em cada muffin. Eles ficam bem delicados e desmancham facilmente se estiverem quentes. Espere esfriar para servir.

3 de maio de 2016

Panquecas Americanas


Sabe aquela vontade de comer alguma coisa doce que as vezes a gente tem? E que bate naquelas horas em que não temos nada de muito elaborado em casa e ainda por cima estamos morrendo de preguiça de sujar muita louça? 99% das vezes esta é a receita que fazemos aqui. Fácil, versátil e deliciosa. Faço a tanto tempo que nem me lembro desde quando. A receita veio d'A Cozinha Coletivaum paraíso de tortas que abriga muitas outras delícias também. Dica pra você: Imprime esta receita e coloca na porta da geladeira ou na gaveta. Você vai repeti-la muitas e muitas vezes.

Panquecas Americanas

Ingredientes
Massa básica
1 colher de sopa cheia de manteiga (ou margarina)
3/4 de xícara de leite
1 ovo
1 pitada generosa de sal
1 colher de sopa de açúcar
1 xícara de farinha de trigo
1/2 colher de sopa de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio (se não tiver, ok)

Opcionais
1 pitada de canela em pó
1 pitada de noz moscada ralada

Maçãs em calda
4 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de água
1 e 1/2 xícaras de maçãs picadas (3 maçãs pequenas)
1 pitada de canela em pó

Açúcar para polvilhar

Preparo
Calda: Misture levemente o açúcar e a água e leve ao fogo médio sem mexer. Quando formar uma calda grossa, já começando a mudar de cor, acrescente as maçãs e a canela. Mantenha no fogo, mexendo de vez em quando até o líquido secar e formar uma calda grossa. Reserve.
Massa: Derreta a manteiga e misture com o leite e o ovo. Acrescente o restante dos ingredientes e bata levemente. A massa fica meio grossa, cremosa. Em uma frigideira antiaderente, coloque uma pontinha de manteiga. Derrame uma porção de massa (como faço pequenas, na minha frigideira cabem duas) e mantenha em fogo baixo. Quando começarem a formar uns furinhos em cima é hora de virar. Vire de uma vez com cuidado e deixe mais 2 ou 3 minutos. O fogo baixo vai garantir que ela tenha tempo de cozinhar por dentro. Sirva com a calda de maçãs por cima, polvilhada com açúcar.

Pulo do Gato: Como sempre servimos com alguma calda ou cobertura bem doce, não acrescente mais açúcar na massa para não ficar enjoativo. Salpique um pouco de suco de limão nas maçãs cortadas para que elas não escureçam rápido demais.

29 de abril de 2016

Risoto de Abóbora e Calabresa - Coletivo Gastronômico (Receitas de Uma Panela Só) MÃES ♥


Mais uma receita de risoto.. É isso mesmo produção??? Quando se trata de risoto, não me canso de experimetar novos sabores e novas combinações. Como estou na onda da abóbora cabotiá ultimamente, logo pensei que uma combinação com calabresa iria ficar deliciosa. Acertei em cheio! O adocicado da abóbora casou super bem com o sabor defumado da linguiça. Se joga sem medo que não tem como errar. Sucesso na certa ;)



Coletivo Gastronômico - Receitas de Uma Panela Só (Mães)

O coletivo deste mês traz uma grande novidade. Agora temos uma página própria no FACEBOOK e um INSTAGRAM. Você vai poder acompanhar todas as postagem dos blogs que fazem parte do coletivo em um só lugar. Curta nossa página e siga a gente no insta @coletivogastronomico. Para homenagear o dia das mães que já está chegando, preparamos uma seleção de receitas que podem ser feitas em uma panela só. Quer mais comfort food que isso? ♥♥♥



Risoto de Abóbora e Calabresa

Ingredientes
1 gomo pequeno de linguiça calabresa
1/2 cebola picada
2 dentes de alho picados
1 xícara de arroz arbóreo
1 xícara de abóbora em cubos pequenos (usei cabotiá)
1/2 xícara de vinho branco seco
1/2 litro de caldo de legumes
2 colheres de sopa de manteiga gelada
3 colheres de sopa de parmesão ralado (fresco de preferência)
Sal, pimenta do reino e azeite a gosto

Preparo
Corte a calabresa em cubos e frite em um fio de azeite por alguns minutos. Reserve. Na mesma panela, refogue o alho e a cebola. Junte o arroz e mantenha fritando por uns 3 minutos, mexendo ocasionalmente para não queimar. Junte o vinho branco e deixa o líquido evaporar. Acrescente 3/4 do caldo quente, mexa e deixe até começar a secar. Quando estiver quase no ponto, junte a abóbora picada e mais um tanto do caldo. Quando o arroz atingir a textura desejada (cozido mas levemente al dente), desligue o fogo. Junte a calabresa reservada, a manteiga, o parmesão e mexa até misturar bem. Tempere com pimenta do reino moída e sal se necessário. Sirva imediatamente.

Pulo do gato: Não coloque sal no começo da receita. Tanto o caldo de legumes, quanto o queijo e a calabresa são bastante salgados. Com o tempo, fui aperfeiçoando a técnica e vi que não é  necessário acrescentar a água aos poucos. O fato de mexer constantemente é até meio ruim, pois quebra os grãozinhos de arroz. Prefiro fazer da forma que expliquei, acrescento quase todo o caldo e no final, se precisar acrescento mais.

14 de abril de 2016

Risoto de Legumes, Bacon e Queijo Coalho

 
Já apareceram tantos risotos por aqui que quase perdi a conta. Tomate seco (flavor bowl), peito de peru, calabresa e abobrinha, palmito, limão siciliano, alho poró e bacon, cogumelos... Ufa.. Já foram muitos. Quase sempre acaba sobrando um pouquinho de algum ingrediente que usei para prepará-los. Somos apenas em dois em casa, então não costumo fazer muita comida. O bom é que com as sobras posso preparar pratos como este risoto lindo de legumes. Peguei todos os potinhos com sobras no freezer e na geladeira, juntei um queijo coalho que também sobrou de um churrasco e voilá: Um prato novo, delicioso e econômico. Sempre congele as sobras de legumes em potinhos quando não usar. Eles se conservam por bastante tempo e você vai ter sempre ingredientes saudáveis para uma refeição rápida.
 
 
Risoto de Legumes, Bacon e Queijo Coalho
 
Ingredientes
1 xícara de arroz arbóreo
1/2 cebola picada
2 dentes de alho picados
1/2 xícara de vinho branco
150g de bacon picado
Legumes variados (usei cerca de 1/2 xícara de: alho poró, abobrinha, abóbora, brócolis, ervilha fresca e azeitonas)
1/2 litro de caldo de legumes quente
2 colheres de sopa de manteiga gelada
4 colheres de sopa de queijo coalho ralado
Sal, pimenta do reino e azeite a gosto
 
Preparo
Frite o bacon em um fio de azeite por alguns minutos e reserve. Na mesma panela, refogue o alho e a cebola. Junte o arroz e mantenha fritando por uns 3 minutos, mexendo ocasionalmente para não queimar. Acrescente o vinho branco e deixe o líquido evaporar. Vá acrescentando uma concha de cada vez do caldo de legumes, sempre esperando a anterior secar para acrescentar a outra. Quando estiver na terceira concha, junte os legumes picados. Assim que o arroz atingir a textura desejada (cozido mas ainda al dente) desligue o fogo. Junte o bacon, a manteiga, o queijo coalho e mexa até misturar bem. Tempere com uma pitada de pimenta do reino moída e sal, se necessário. Sirva imediatamente.
 
Pulo do gato: Não coloque sal no começo da receita. Tanto o caldo de legumes, quanto o queijo e o bacon já contêm bastante sal. Evite colocar muito queijo para o risoto não ficar enjoativo.

12 de abril de 2016

Sobre a Páscoa que já Passou..

Dei uma boa sumida daqui não foi? O motivo, entre outras coisas, foi a páscoa deste ano. Não mais que de repente, decidi que faria ovos recheados para vender. Mais precisamente ovos recheados com bolo e brigadeiro. Para quem gosta de cozinhar (e ainda por cima tem um blog) é normal ouvir comentários do tipo "nossa porque você não faz para vender?" ou "se você fizesse isso para vender ficaria rico" kk Sempre disse que cozinhar para mim é mais um hobby. Algo que gosto de fazer por prazer. Quando a gente faz por obrigação, fica mais complicado. Na verdade não é nem o ato de cozinhar em larga escala o mais difícil, mas sim administrar um negócio próprio. Ainda não cheguei lá, mas pelo menos essa experiência me trouxe bons aprendizados. Foram semanas de loucura e muuuito chocolate, mas o resultado final, e o feedback positivo dos clientes compensa qualquer trabalho. Vou deixar algumas fotinhos dos ovos só para deixar vocês na vontade rsrs. Agora voltaremos à programação normal do blog. Páscoa que vem tem mais (espero -______-).



8 de março de 2016

Massa Básica para Pão de Leite e Duas Sugestões


Por causa do #ProjetoDietaDukan faz muuito tempo que não como pães. Acho que se tivesse apenas um desejo de um gênio da lâmpada seria comer uma fatia de pão quentinha com manteiga. Esta receita de pão de leite é a que mais preparo em casa e é muito fácil de fazer. Lógico que ter uma MFP - Máquina de Pão ajuda bastante, mas você pode fazer sem ela que fica delicioso do mesmo jeito. O segredo é sovar bastante para ativar o glúten e o pão ficar bem fofinho. É uma receita coringa, que uso para diferentes tipos de pães. Até salgados recheados ficam deliciosos com ela. Só de pensar em uma fatia deste pão quentinho ou o cheiro de canela de um pão doce assando... ai, ai...

Massa Básica para Pão de Leite
(Receita do livro da MFP)

Ingredientes
Massa Básica
1 xícara de leite
1 ovo grande
1 e 1/2 colher de sopa de manteiga ou margarina
1 e 1/2 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar
4 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento biológico seco

Preparo
Acrescente todos os ingredientes na ordem acima dentro da cuba da MFP. Ligue no cíclo massa e proceda conforme o manual. Se quiser, faça a massa à mão misturando todos os líquidos e depois os secos. Sove por pelo menos 10 minutos e deixe crescer por 40 minutos antes da modelagem.


Pão de leite

Ingredientes
Manteiga/margarina e parmesão ralado (opcional)

Preparo
Modele os pães, besunte com manteiga e salpique queijo parmesão ralado. Deixe crescer por 40 minutos em fôrma untada e enfarinhada. Leve ao forno preaquecido 180/200° por 30 minutos ou até dourar.


Rosca Trançada com Canela

Recheio
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de canela
2 colheres de sopa de manteiga ou margarina

Preparo
Misture todos os ingredientes do recheio. Abra a massa em um retângulo grande, espalhe o creme de canela e feche formando um rocambole. Corte o rocambole em três "tiras", no sentido do comprimento e faça uma trança. Junte as duas pontas como uma rosca. Coloque em uma fôrma untada e enfarinhada e leve ao forno preaquecido 180/200° por 30 minutos ou até dourar.

Pulo do Gato: Você pode faer pães recheados doces, salgados ou como preferir. Com uma só massa eu fiz estes dois pães. Se quiser um pão pequeno, basta cortar a receita pela metade.

3 de março de 2016

Fase ESTABILIZAÇÃO #ProjetoDietaDukan


Se você chegou nesta fase PARABÉNS. Isso quer dizer que você já atingiu o seu objetivo em perda de peso (nas fases ATAQUE E CRUZEIRO) e se certificou de que o efeito sanfona está longe (na fase CONSOLIDAÇÃO). O que resta então? Só aproveitar a vida com os hábitos de alimentação equilibrados que você aprendeu ao longo da dieta :D Mas calma, apesar de poder se alimentar à vontade (e lembre-se, à vontade não quer dizer em excesso), você terá de se comprometer com três regrinhas simples para garantir, com certeza, que você não irá engordar de novo.

1 - Quinta-feira Protéica

Lembra do dia de PP da fase anterior? Ele vai ser seu mandamento de vida. Neste dia, você deverá consumir apenas proteínas puras, evitando aquelas mais gordurosas. Trate como se fosse um dia da fase ATAQUE com bastante rigidez. Não necessariamente precisa ser uma quinta-feira. Escolha um dia que você consiga se programar melhor para não correr o risco de cometer deslizes.

2 - Movimente-se

Tente praticar alguma atividade física leve. Uma caminhada pela manhã ou à noite. Troque o elevador pelas escadas e deixe o carro na garagem para realizar trajetos curtos. Deixe a vida sendentária para trás.

3 - Farelo de Aveia

Continue consumindo 3 colheres de aveia todos os dias. A aveia é um cereal muito rico, que possui diversos benefícios:
  • Facilita o trânsito intestinal
  • Ajuda a impedir a absorção de parte das calorias dos alimentos
  • Promove saciedade

Dicas Gerais

Vamos recapitular algumas dicas e hábitos que você viu e adquiriu ao longo desta jornada, e que devem sempre ser lembrados no seu dia a dia.

Diminua o sal - Ele faz você reter mais líquidos e diversos estudos atestam que em excesso, faz mal à saude. Diminua o consumo e aposte em ervas e condimentos para realçar o sabor dos pratos.

Diminua a gordura dos alimentos - Aposte em versões mais magras dos alimentos e não esqueça de retirar aquela gordurinha a mais do bife na hora da refeição.

Não repita o prato - Como já dito, comer à vontade não quer dizer comer em excesso. Se alimente bem, comendo um prato colorido e saudável, mas saiba a hora de parar. Como devagar. Não se esqueça de que o cérebro demora pelo menos 20 minutos para ligar a chavinha da saciedade.

Proteínas em pó - Você pode utilizar (eventualmente) a proteína em pó, principalmente na quinta-feira protéica. Mas lembre-se de que isso não pode ser a base de sua alimentação. Você pode usar isso como um complemento ou quando sabe que não terá como fazer uma refeição da quinta-feira protéica corretamente.

Beba muita água - Conserve o hábito de beber ao menos 2 litros de água todos os dias. Beber água traz ótimos benefícios ao organismo:
  • Melhora a circulação sanguínea
  • Facilita a digestão
  • Melhora o funcionamento dos rins
  • Diminui o inchaço

Enfim, fazer a Dieta Dukan foi um grande desafio para mim. Confesso que não segui TODAS as fases a risca e adaptei algumas coisas. Aqui para o blog, eu trouxe para vocês o passo a passo de todas as fases certinho. Como disse lá no começo do #ProjetoDietaDukan, minha meta era adquirir um estilo de vida mais saudável e reaprender a comer melhor. Para os que ficaram curiosos sobre quantos quilos eu eliminei, foram ao todo 14kg :O. MUITA COISA. Ainda vou trazer algumas receitinhas Dukan e quem sabe posto um antes e depois também né hahaha.

25 de fevereiro de 2016

Coxas de Frango Assadas com Ervas


Com a dieta Dukan, comer somente carne se torna um desafio no dia a dia. Particularmente gosto muito de frango, e tento sempre usar novos ingredientes e variar o modo de fazer para não enjoar. Ultimamente tenho feito bastante frango assado. As vezes uso a coxa com sobre coxa, as vezes a coxinha da asa, o peito.. Dessa vez usei coxas, ervas, açafrão e gostei tanto do resultado que trouxe como sugestão para vocês. Se tiver tempo, deixe marinando de um dia para o outro. Os temperos vão se destacar ainda mais. Se estiver no dia de PL da fase Cruzeiro ou na fase Consolidação, acrescente alguns legumes picados como berinjela, abobrinha ou brócolis.


Coxas de Frango Assadas com Ervas

Ingredientes
1 kg de coxas de frango sem a pele
1 colher de sopa de alho/cebola desidratados
2/3 colher de sopa de sal
1/2 colher de café de açafrão
2 colheres de sopa de vinagre
1 punhado pequeno de ervas a gosto (usei cheiro-verde e manjericão picados)

Preparo
Misture todos os ingredientes e deixe marinando por pelo menos 1 hora na geladeira. Leve ao forno preaquecido 200° por 1 hora coberto com papel alumínio. Retire o papel e deixe mais 15 minutos ou até dourar.

Pulo do Gato: Meus temperos do momento são o alho e cebola desidratados. É um tempero fácil de armazenar e muito prático. É bastante aromático e fica uma delícia com frango e carne. Comprei dois saquinhos e bati no processador. Quebra um galhão no dia a dia.

23 de fevereiro de 2016

Risoto de Palmito e Cebola Caramelizada


Com certeza este é um dos meus risotos preferidos. Fiquei viciado nesta cebola caramelizada depois da Schiacciata com Cebola e Pimentão. Sério, acho que ela combina com tudo. Estava afim de fazer um risoto de palmito e quando pensei em algo para combinar com ele, logo lembrei desta cebola. Ao meu ver o casamento foi perfeito. O sabor suave do risoto com o toque adocicado da cebola caramelizada formam um casamento perfeito. Ela é ótima também para acompanhar carnes ou até enriquecer um sanduíche. Façam e me contem depois.

Risoto de Palmito e Cebola Caramelizada

Ingredientes
Risoto
1 xícara de arroz arbóreo
1 xícara de palmito picado
1/2 cebola picado
2 dentes de alho picados
1/2 xícara de vinho branco
1/2 litro de caldo de legumes (mantenha uma panela com ele quente ao lado)
2 colheres de sopa de manteiga gelada
3 colheres de sopa de parmesão ralado na hora (faz toda a diferença)
Sal, pimenta do reino e azeite a gosto

Cebola caramelizada
2 e 1/2 cebolas picadas
3 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de vinagre (balsâmico fica ótimo)
Azeite e sal a gosto

Preparo
Cebola caramelizada: Refogue a cebola em um fio de azeite em fogo médio. Quando ela começar a pegar no fundo, fique de olho e vá mexendo para não queimar. Assim que adquirir uma cor de caramelo médio, junte o açúcar, o sal e o vinagre. Deixe ferver e secar o líquido até atingir o ponto desejado (eu gosto bem douradas). Reserve.
Risoto: Refogue o alho e a cebola em um fio de azeite. Junte o arroz e mantenha fritando por uns 3 minutos, mexendo ocasionalmente para não queimar. Junte o vinho branco e deixe o líquido evaporar. Vá acrescentando uma concha de cada vez do caldo de legumes, sempre esperando a anterior secar para acrescentar a outra. Quando o arroz estiver quase pronto, junte o palmito. Assim que atingir o ponto desejado, desligue o fogo. Junte a manteiga, o parmesão e mexa até misturar bem. Tempere com uma pitada de pimenta do reino moída e sal. Sirva com a cebola caramelizada por cima.

Pulo do gato: Evite colocar muito parmesão para não ficar enjoativo e acerte o sal apenas no final. Eu gosto do risoto mais enxuto. Se você quiser um pouco mais cremoso, junte mais caldo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...