20/10/14

Coxinhas de Mandioquinha com Carne Louca


Sabe quando as vezes do nada queremos fazer/comer alguma coisa desesperadamente? Num certo sábado de sol acordei e pensei comigo mesmo: Que tal uma coxinha com massa de mandioquinha e recheio de carne louca? E lá fui eu para o mercado comprar os ingredientes. Assim nasceu essa maravilhosa coxinha. Só de olhar para a foto já dá pra ter uma ideia de quão deliciosa ficou. Sempre que vou a festas de aniversário me acabo de comer pãozinho com carne louca, é viciante. Ainda bem que além de rechear as coxinhas a carne ainda rendeu para quatro sanduíches no outro dia. A massa que usei é uma variação das que já apareceram aqui, só troquei a batata por mandioquinha. Uma curiosidade, estou viciado em cozinhar legumes no vapor. Ficam prontos rapidinhos, mantém mais os nutrientes e não ficam "aguados". Adotei pra vida. Sobre as coxinhas, modestamente uma das melhores que eu já fiz/comi.


Coxinha de Mandioquinha com Carne Louca

Ingredientes
Carne Louca
1,5 kg de miolo de acém (ou outra carne que desfie)
1 cebola grande cortada em quatro
3 dentes de alho descascados
Folhas de louro e manjericão a gosto
Azeite, pimenta do reino e sal a gosto

Para refogar:
1 pimentão sem pele picado (usei verde)
1 cebola roxa picada
3 dentes de alho picados
2 tomates sem pele e sem sementes picados
3 colheres de sopa de molho shoyo
1/4 de xícara de vinho tinto
2/3 de xícara de molho de tomate
1/2 xícara de cheiro verde picado

Massa
3 xícaras do caldo de cozimento da carne
2/3 de xícara de farinha de milho (bati no liquidificador para ficar bem fininha)
3 xícaras de farinha de trigo
250g de mandioquinha cozida no vapor (1 xícara bem cheia)

Água gelada e farinha de rosca para empanar

Preparo
Carne louca: Numa panela de pressão grande, frite em um pouco de azeite os pedaços de carne picados. Esta etapa serve para selar a carne. Acrescente os dentes de alho inteiros, a cebola, os outros temperos e cubra com água. Leve ao fogo e conte 1 hora após pegar pressão. Deixe sair a pressão. Coe e reserve o caldo. Desfie a carne com um garfo ou com as mãos. Refogue em azeite a cebola, o alho, o pimentão e os tomates por alguns minutos. Despeje o vinho, o shoyo, o molho de tomate e deixe mais um pouquinho. Acrescente a carne e mantenha no fogo, mexendo de vez em quando, até apurar bem todos os temperos e secar os líquidos. Coloque o cheiro verde e acerte o sal. Deixe esfriar.
Massa: Leve ao fogo três xícaras do caldo da carne reservado. Quando começar a ferver, jogue as duas farinhas de uma só vez. Mexa vigorosamente com uma colher de pau em fogo baixo até cozinhar bem (cerca de 10 a 15 minutos). Retire do fogo e misture a mandioquinha até que ela incorpore à massa. (Usei a batedeira planetária nesta etapa). Reserve coberto com plástico filme rente à massa até esfriar
Montagem: Recheie porções de massa com uma colher de carne louca moldando como uma coxinha. Passe na água gelada e em seguida na farinha de rosca. Frite em óleo quente, aos poucos, até dourar.


Pulo do Gato: Se quiser congelar, disponha-as numa fôrma e leve ao congelador. Depois é só embalar e manter no freezer. Na hora de fritar, aconselho deixar descongelar antes, para não correr o risco delas ficarem frias no centro. A massa é muito gostosa de trabalhar. Se tiver dificuldades em montar as coxinhas joga no youtube "como modelar coxinhas". Me ajudou e muito.

14/10/14

Espague Integral Alho e Óleo com Frango


Depois que descobri o espaguete integral nunca mais falta em casa. Fica IDÊNTICO ao espaguete tradicional, com a vantagem de ser integral - força na dieta \o/ . Quando estou com preguiça de fazer algo para comer, uma massinha simples sempre salva. Você pode usar o que tiver à mão: sobras de frango, atum, legumes, só alho e óleo... Em 15 minutos uma refeição deliciosa e prática. Adoro usar este espaguete também em sopas. Na temporada de frio de algumas semanas atrás ele foi sucesso. 

Espague Integral Alho e Óleo com Frango

Ingredientes
200g de macarrão espaguete integral
3 ou 4 dentes de alho picados (eu gosto de bastante)
Azeite (o quanto baste)
Sal e pimenta do reino a gosto
Sobras de frango desfiado cozido (usei +ou- 1 xícara ou uns 2 filés)
Cheiro-verde e parmesão ralado para servir

Preparo
Cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem e reserve. Frite o alho em uma boa quantidade de azeite. Coloque o macarrão e mexa por alguns instantes. Acrescente o frango, tempere com pimenta do reino e acerte o sal. Polvilhe o queijo ralado e o cheiro-verde e sirva a seguir.

Pulo do Gato: Não há muito o que dizer desta receita. Basicamente uma massa cozida com o que você quiser de acompanhamento. O céu é o limite.

09/10/14

3° Encontro Gourmet de Foodbloggers


Dia 20/09/2014 aconteceu o 3° Encontro Gourmet Nacional de Foodbloggers. É a segunda vez que participo e posso dizer com propriedade que o evento está a cada ano se superando. Mais uma vez organizado pelas talentosas Cecília Padilha, Daniela Abolin e Sandra Reis, este ano o encontro teve uma nova sede: o campos da Faculdade Estácio de Gastronomia aqui em São Paulo. A estrutura da faculdade é fantástica. As cozinhas onde foram realizados alguns workshops são mega equipadas. Reacendeu em mim a vontade de querer cursar gastronomia um dia. Além da costumeira participação de grandes empresas apoiando o evento, tivemos a oportunidade de colocar a "mão na massa" literalmente em vários workshops.

Aulas "mão na massa" e aulas show

Para mim, estas oficinas foram os pontos altos do encontro. Participei da aula de confeitaria da União com o tema "Mini bolos e mini naked cake" e ainda tive a sorte de conseguir uma vaga para o "Cozinhando às cegas" da Banqueteria Nacional. (Alguém lembra do degustação às cegas??). Ambas foram experiências incríveis e divertidas. 

* Riso com Shimeji e polvo acompanhando gravlax defumado de Cambucu
Uma experiência muito divertida. Tentar descobrir o que eram os ingredientes e o que estávamos cozinhando foi hilário. Todos adoramos.



* Mini naked cake, mini bolo de churros com doce de leite e mini bolo de churros com chocolate
Naked cakes são lindos, imagina na versão mini. A melhor parte foi comer todas esssas delícias.




Além destas duas oficinas, de workshops dos Queijos Palmyra, Forno de Minas, Azeite Sandeléh e La Pastina. O conhecimento que adquire com os grandes chefes que conduziram estas aulas foi enorme. Só tenho a agradecer as organizadoras que bolaram essa programação tão fantástica. 

* Lombo recheado com queijo do reino, espinafre, tomate seco e creme de ervilhas.
* Torta de queijo do reino com goiabada
Desnecessário dizer que estava delicioso não é?



* Cappelletti de calabresa e alecrim ao molho de tomate, pimentão e pimenta calabresa.
* Sorrentino de ricota, parmesão e castanha do pará ao molho de shitake e tomate cereja
A nova marca Mama D'Alva da Forno de Minas é fantástica. Viramos fã.



Bistrô - Aula Show: Azeites Sandeléh e La Pastina
* Risoto de Canjiquinha
* Técnicas de gastronomia molecular
O risoto de canjiquinha feito pelo chefe da Sandeléh foi uma das coisas mais deliciosas que comi no evento. Repeti nada menos do que QUATRO vezes o pratinho kkk. As técnicas de cozinha molecular ensinadas pelo chefe da La Pastina foram muito interessantes. Fizemos uma espécie de esfera de molho de tomate que "explodia" na boca quando você mordia.



Blogueiros

Outro ponto alto do evento foi (re)encontrar os amigos queridos de outros blogs. Este ano consegui falar com muita gente que fiquei só na vontade ano passado, além de conhecer mais um tanto de pessoas incríveis. Dei um super abraço na Carla, na Sandra, na Lu, na Rachel, na Paula, na Fabíola, na Sadhia, na Ana, na Lylia, na Cintia, na Elisa.. É tanta gente querida que ficaria até amanhã escrevendo aqui. Um super mega agradecimento especial para a Beta Tiossi que mais uma vez salvou minha vida e me deu uma carona de ida e volta para o evento ;). Na euforia do momento, mais uma vez não consegui tirar fotos com todo mundo que gostaria mas prometo que ano que vem cada abraço será um flash kk



Mais fotos


 




24/09/14

Bolo Mármore de Banana e Chocolate


Bolo mármore me lembra muito minha avó por parte de pai. É uma das poucas lembranças que tenho dela. Apesar de ser uma receita bem simples e tradicional nunca tinha preparado em casa. Para incrementar um pouco pensei em colocar umas bananinhas que estavam precisando de um fim. O resultado ficou perfeito. Esta receita quase foi escolhida para ser levada no 3° Encontro Gourmet. Falando nisso, nem vou comentar muito porque no próximo post vou falar TUDO o que rolou por lá. Só adiantando, FOI INCRÍVEL!! :D Voltando à receita, o bolo ficou fofinho e aromático, daqueles bem de vó mesmo. A receita foi adaptada do Cozinhando o 7, um blog repleto de delícias. Bolo perfeito para o café da manhã ou da tarde. Com certeza será repetido muitas vezes.


Bolo Mármore de Banana e Chocolate
(Receita adaptada daqui)

Ingredientes
3 ovos
2 xícaras de açúcar
3 colheres de sopa cheias de margarina
3 xícaras de farinha de trigo
1 e 1/2 xícara de leite morno (quase frio)
1 colher de fermento em pó
6 bananas maçã amassadas com um garfo (ou 3 nanicas ou 4 pratas)
1/2 colher de chá de canela em pó
1/2 xícara de chocolate em pó

Preparo
Na batedeira, bata os ovos com o açúcar e a margarina até obter um creme fofo. Acrescente a farinha, o fermento, o leite e bata apenas para misturar. Divida a massa em duas partes. Em uma coloque as bananas amassadas e a canela, e na outra o chocolate em pó. Coloque as massas em uma fôrma untada e enfarinhada intercalando um pouco de cada uma, sem misturar muito. Leve ao forno preaquecido 180/200° por 40 minutos ou até dourar e firmar bem. Sirva polvilhado com açúcar e canela se desejar.

Pulo do Gato: Dá para saborizar a massa branca com diversos ingredientes: raspas de laranja, limão, maçã ralada... Esta é uma receita coringa para um bolo delicioso à qualquer hora.

19/09/14

Pãozinho de Mandioquinha


Então eu ganhei uma linda batedeira planetária :) Ainda não é uma kitchenaid mas estou apaixonado. Ela é a planetária inox Arno Collection. Super linda, vermelha, mega potente. O problema é que agora quero trocar todos os meus eletrodomésticos só para combinar com ela kkk. Depois de extensa pesquisa decidi testá-la em uma receita de pão. Quando bati os olhos nesta daqui no blog Strawberry Crumble da Renata a um tempão atrás, sabia que mais cedo ou mais tarde teria que fazê-la. Olha só pra textura destes pães!! Um dos mais fofinhos que já fiz. Como disse a Renata, parecem que foram tirados da prateleira da padaria. Palmas para minha mais nova companheira de aventuras. Toddynho? hahah. Futuramente pretendo fazer um review nos moldes do que eu fiz para a máquina de fazer pão. É sempre bom lermos a opinião sincera de um consumidor sobre um produto que estamos pretendendo comprar.

PS: Com tanta correria acabei não comentando que amanhã (20/09/2014) vai acontecer o 3° Encontro Gourmet de foodbloggers. Estarei presente pela segunda vez neste encontro maravilhoso. No próximo post falarei mais sobre como foi o evento e com certeza podem esperar um post especial com milhares de fotos contando tudo.



Pãozinho de Mandioquinha
(Receita do Strawberry Crumble)

Ingredientes
1/4 de xícara de leite morno
1/2 xícara de óleo de canola
2 ovos
1 colher de manteiga ou margarina
2 colheres de sopa de açúcar
1/2 colher de chá de sal
1 xícara de mandioquinha cozida (cozinhei no vapor)
500g de farinha de trigo (+ou-)
1 colher de sopa de fermento seco para pão

1 gema batida para picelar

Preparo
Misture a mandioquinha, o açúcar, os ovos, o leite, metade da farinha e o fermento. Mexa bem até ficar uma massa elástica e que levante bolhas. Acrescente a margarina, o óleo e o sal. Vá colocando o restante da farinha aos poucos. Trabalhe a massa até ficar bem homogênea. Ela fica um pouquinho grudenta ainda, mas não coloque farinha demais para não ficar muito dura. Deixe descansar até crescer e dobrar de volume (deixei 1 hora e meia). Sove por um minuto apenas para retirar o ar e divida conforme preferir (aqui deram 16 bolinhas). Pincele levemente com a gema batida e deixe crescer por mais 30 minutos. Leve ao forno 180/200° por cerca de 25 minutos ou até dourar.

Pulo do Gato: Essa massa é muito fofinha, bem parecida com pão de batata tradicional. Recheado com requeijão ou com frango deve ficar muito bom.