02/09/14

Brigadeiro Recheado com Morango


Isso não é uma receita. É uma gulodice formada unicamente para acabar com qualquer dieta que você possa pensar em querer manter (ou fazer). Como diriam por aí, brigadeiro É VIDA não é mesmo? Confesso que prefiro muito mais eles assim, enroladinhos no granulado. Para mim, perde-se um pouco da magia de se comê-los se você apenas pegar da panela com colher. Onde eu trabalho vende-se de tudo. Normalmente consigo me segurar bem em comprar as inúmeras trufas, bolos, mousses e afins que passam oferecendo. Porém, tem uma coisa que vence qualquer vontade minha em me manter na dieta: Brigadeiro recheado com morango. Sério, acho que não preciso falar muito do porquê disso não é? O docinho em contraste com o frescor azedinho do morango... É um suspiro a cada mordida. Como não me contentava em comprar um de vez em quando para matar minha larica, resolvi fazer eu mesmo um prato gigantesco e comer até minha barriga doer mentira kk oO. Vocês podem pensar que talvez essa sobremesa não seja assim tão chique nem tão sofisticada, mas eu garanto, apresentem um prato desses para suas visitas e me digam depois se sobrou alguma coisa. Duvido!


Brigadeiro Recheado com Morango

Ingredientes
1 lata de leite condensado
2 colheres de sopa de chocolate em pó (aquele do padre)
1 colher de sopa de manteiga (ou margarina)

1 caixa de morangos lavados e sem o cabinho (seque bem cada um com papel toalha)

Chocolate granulado para enrolar

Preparo
Junte todos os ingredientes e leve ao fogo baixo mexendo sem parar até desgrudar do fundo da panela. Passe para um prato, deixe esfriar e leve à geladeira por alguns minutos antes de modelar. Montagem: Pegue uma porção de doce, recheie com um morango, feche e passe pelo granulado. Sirva geladinho.

Pulo do gato: Unte as mãos com manteiga na hora de enrolar os brigadeiros. Uma outra ideia é você rechear com uva ou no lugar do brigadeiro, fazer com beijinho. A combinação de fruta + doce é tudo de bom.

26/08/14

Macarrão com Molho Branco, Brócolis e Frango Desfiado


Sempre fui meio "nojentinho" para comer alimentos que ficaram dias na geladeira. Conheço gente que cozinha feijão na segunda e come a semana inteira mas para mim, qualquer coisa guardada que passou de dois dias eu já tô jogando fora. Sei que esse é um hábito errado. Se bem conservado, os alimentos podem durar por vários dias na geladeira. Justamente por este defeito, faço sempre pouca comida para acabar no dia mesmo ou no máximo, durar até o seguinte. Este macarrão foi feito num domingo que eu esperava visitas (que acabaram nao vindo) para almoçar. Cozinhei um pacote todo e fiz com molho vermelho. Só para duas pessoas, era de se esperar que sobrasse - e muito - macarrão cozido. Foi a primeira vez que um só macarrão durou tanto em minha geladeira. Fiz quatro diferentes molhos: vermelho, alho e óleo, atum e finalmente este delicioso da foto. O mais gostoso foi justamente o último, que fiz, acreditem, na quarta-feira kkk. Uma das melhores e mais saborosas macarronadas que comi. O molho de brócolis teve inspiração em um macarrão mega delícia que minha amiga Rachel do Na Biroskinha preparou esses dias e que me deixou com água na boca. Uma verdadeira refeição para fazer quando se tem um batalhão de gente para alimentar. Rendeu para comer, repetir e levar marmita para mim e para os amigos no trabalho. Quem comeu pediu bis e ainda levou a receita ;)


Macarrão com Molho Branco, Brócolis e Frango Desfiado

Ingredientes
200g de macarrão parafuso (ou outra massa curta)
Sobras de frango assado ou frango desfiado (usei umas 2 xícaras)
1/2 maço de brócolis cozido e picado

Molho branco - Você pode usar ESTA ou ESTA

Preparo
Cozinhe o macarrão conforme as instruções da embalagem, porém tirando da água 2 minutos antes. Ele vai acabar de cozinhar no forno. Reserve. Faça o molho branco e no final junte o brócolis picadinho. Tempere o frango como preferir. (Eu usei as sobras de um frango assado e temperei de novo com chimichurri e pimenta calabresa no azeite.) Num refratário grande monte camadas de molho, macarrão e frango desfiado. Termine com molho. Salpique parmesão se desejar (opcional, nem usei) e leve ao forno alto 220° por 10 à 15 minutos apenas para aquecer e dourar.

Pulo do Gato: Esta receita é a prova de que não se precisa muito para um prato ficar delicioso. Usei sobras de frango, um brócolis que estava sobrando na geladeira e o resultado foi sensacional. Dê uma olhadinha no que você tem à mão, você pode se surpreender. Se tiver um queijo mussarela ou branco, se joga sem medo.

21/08/14

Batatas Recheadas com Brie, Calabresa e Requeijão e um Obrigado


Estas batatinhas super fáceis têm me salvado, e muito, nos dias de preguiça + vontade de comer alguma coisa. Já fiz só com calabresa, só com queijo, com atum... O céu é o limite para receitas como esta. O modo de cozinhá-las é o mais legal: furando, enrolando em papel toalha, molhando e levando ao microondas. Vi essa dica em algum lugar mais acabei não anotando a fonte :( Se alguém souber por favor me dê um toque. As batatas ficam bem cozidas e é muito mais prático. Cozinho todas depois monto e levo ao forno por uns minutinhos. Receita infalível e para repetir sempre.


Batatas Recheadas com Brie, Calabresa e Requeijão

Ingredientes
4 batatas grandes
150g de queijo brie em cubinhos (ou outro queijo que preferir)
3 gomos de linguiça calabresa fininha em cubinhos (ou 1 gomo da grande)
4 colheres generosas de requeijão cremoso
Orégano, azeite e sal à gosto

Preparo
Fure as batatas de todos os lados com um garfo e enrole cada uma delas em duas folhas de papel toalha. Molhe bem cada batata enrolada no papel em baixo da torneira e coloque num prato. Leve ao forno microondas (uma de cada vez) por 6 a 8 minutos, até enfiar um palito e sentir que ela está macia (cozida) no centro. Faça o mesmo com todas as batatas. Enquanto isso, frite a calabresa na própria gordura e reserve. Faça um corte em cada batata cozida, sem chegar ao fundo e aperte para que elas se abram um pouco. "Cavuque" com um garfo o miolo das batatas e tempere com sal e um fio de azeite. Coloque uma porção de calabresa, o queijo picado, orégano, uma colher de requeijão e mais calabresa. Arrume todas as batatas juntinhas nem um refratário ou fôrma pequena e leve ao forno alto 220° até aquecer bem. Sirva em seguida.

Pulo do Gato: É importante levar uma (no máximo duas) de cada vez ao microondas, senão demora muito para elas cozinharem. Deixe a batata bem ensopada  e vire na metade do tempo para cozinhar por igual.

PS: Quero agradecer imensamente o carinho e as palavras lindas que todos os amigos me deixaram no face. Saber que sou cercado por pessoas tão incríveis me deixa muito, muito feliz. O dia 13 de agosto de 2014 é um dia que ficará marcado para sempre em minha vida. Foi quando deixei de ser um só, de ser sozinho, para escolher ter um companheiro para a vida toda.

07/08/14

Bolo de Cenoura com Laranja (ou vice-versa)


Já contei para vocês que meu bolo preferido de todos os tempos é o de cenoura né? Ele já apareceu no Mosaico em forma de bolo pudim, como um bolão gigante e claro como "o" bolo de cenoura. Todas as receitas são igualmente deliciosas, cada uma com suas particularidades. Vocês sabiam que o bolo de cenoura como comemos aqui, amarelinho e com cobertura de chocolate, é essencialmente brasileiro? Dando um google, descobri que ele é derivado do tradicional carrot cake, que por falta de oportunidade ainda não apareceu por aqui. Eu disse ainda hein ;) Voltando à receita, esse é o nosso tradicional bolo de cenoura, porém com um acréscimo super aromático: Laranja. Na verdade é mais um bolo de laranja com cenoura do que o contrário. Para mim esse aroma cítrico de laranja em bolos me lembra padaria. Toda padaria, pelo menos aqui na minha cidade, têm um bolinho de laranja polvilhado com açúcar de confeiteiro na gôndola. Este bolo aqui é bem desses. Perfeito para um café da tarde. Fofinho, docinho e difícil de comer uma fatia só. Como cobertura eu lhes dou três opções: aquela de chocolate quebradiça (minha preferida em bolos de cenoura), um brigadeiro mole ou se quiser simplificar, açúcar de confeiteiro polvilhado. Garantido que com qualquer uma delas o seu bolo de laranja com cenoura ou vice-versa vai ficar delicioso.


Bolo de Laranja com Cenoura
(Receita daqui)

Ingredientes
Massa
1 laranja pêra com a casca (corte em 4 e tire as sementes e o filamento branco do meio)
2 cenouras médias sem casca picadas
3/4 de xícara de óleo
1 e 1/2 xícara de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo
3 ovos
1 colher de sopa de fermento em pó

Calda
Você pode fazer esta calda açucarada AQUI ou esse brigadeiro mole AQUI. Se quiser, polvilhe açúcar de confeiteiro apenas.

Preparo
Massa: Bata no liquidificador o óleo, os ovos, a cenoura, a laranja e o açúcar até ficar homogêneo. Bata por uns 3 minutos pelo menos. Em uma tigela, peneire a farinha de trigo e o fermento. Misture o líquido batido. Não precisa bater muito, mexa apenas para incorporar. Coloque numa fôrma untada e enfarinhada (eu prefiro com furo no meio) e leve ao forno 180/200° preaquecido por 40 minutos ou até dourar. Cubra com a calda que escolheu e sirva morninho.

Pulo do gato: Não se preocupe que usar laranja com casca no bolo não deixa ele amargo. Tem até um bolo só de laranja com casca aqui no Mosaico bem gostoso :)

29/07/14

Pizza Light de Abobrinha


Tudo bem que pizza e light são duas palavras que não combinam muito bem juntas, mas essa aqui é bem leve. Continuo na onda do #regimeteam, maratona para o casamento que está logo aí (literalmente, 15 dias :O). Casar gordinho e olhar para suas fotos o resto da vida não rola. No meu arquivo pessoal de receitas até inaugurei uma seção diet & light. Na minha opinião, para a dieta dar certo você tem que comer feliz, e nada mais feliz que pizza né gente!! Aqui ela fez o maior sucesso e até quem comeu um pedacinho que levei no outro dia no trabalho aprovou. Receita pra enfiar o pé na jaca no regime, mas sem tanta culpa. Só não pode comer a pizza inteira hein oO.

Pizza Light de Abobrinha
(Receita daqui)

Ingredientes
Massa
1/2 xícara de leite desnatado
1 colher de chá de margarina light
1 pitada de sal
1 colher de sopa de fermento em pó (aquele de bolo mesmo)
2 xícaras de farinha de trigo

Molho
1 lata de tomates pelados esmagados com um garfo (ou 4 tomates maduros sem pele e sementes)
1 colher de sopa de orégano
100 ml de água (+ou-)
4 a 5 dentes de alho picados (se quiser diminua para um, eu gosto de bastante)
Sal e azeite a gosto

Cobertura
2 abobrinhas cortadas em rodelas finas pré-cozidas (escaldei por 2 minutos em água salgada)
200g de parmesão (ou mussarela) light ralado
Sal, pimenta do reino moída e orégano a gosto

Preparo
Massa: Misture todos os ingredientes até formar uma bola e deixe descansar.
Molho: Refogue o alho no azeite, acrescente os tomates e o orégano e deixe ferver um fogo baixo por alguns minutos. Acrescente a água, mas não deixe o molho muito ralo. Deixe ferver mais um pouco. Acerte o sal e reserve até esfriar.
Montagem: Depois que a massa crescer, abra-a com um rolo numa fôrma de pizza grande. Espalhe o molho, as fatias de abobrinha bem juntinhas, polvilhe pimenta e pouco sal, cubra com a mussarela ralada. Regue com azeite e finalize com orégano. Leve ao forno 200° preaquecido e asse até a massa ficar bem sequinha e a pizza bem dourada.

Pulo do Gato: Se não encontrar o parmesão ou mussarela light, use um queijo branco frescal ou outro qualquer mais light. De qualquer jeito vai ficar uma delícia.